Departamento de Comunicação
05/03/2015 - 16:56 - Atualizado em 22/06/2015 - 16:56


Prefeitura incentiva diagnóstico da com mês voltado à doença

Prefeitura incentiva diagnóstico da com mês voltado à doença


A Prefeitura de Paranaíba, por meio da Secretaria de Saúde, promove, durante todo o mês de março, uma campanha voltada para o diagnóstico e tratamento da tuberculose. Com o tema "Tá com tosse? Pode ser tuberculose", o município realizará dois dias D, em diferentes pontos da cidade, a fim de conscientizar a população sobre a doença. Além disso, neste mês, os exames de tuberculose serão intensificados em todas as Unidades Básicas de Saúde da Família.

 

De acordo com a coordenadora de imunização e hanseníase, Carla Patrícia Eugênio, o índice de tuberculose ainda é grande no país, razão que motivou os profissionais da saúde a pensarem em ações que incentivem o diagnóstico e esclareça a respeito da doença. "Resolvemos chamar a atenção da população porque ainda há muitas mortes por tuberculose devido à falta de informação e até mesmo por resistência da pessoa em ir buscar o tratamento", explicou.

 

Carla enfatizou os principais sinais da tuberculose e quais são as providências que a pessoa deve tomar, caso estes sintomas sejam percebidos. "Quem estiver com tosse há mais de três semanas, tiver emagrecido e febre no final da tarde devem procurar a UBSF e comunicar a enfermeira, para que o exame de escarro seja feito".

 

A coordenadora destaca que a doença tem tratamento gratuito e cura. "Nós precisamos apenas da disponibilidade da população em se deslocar até a UBSF e comunicar sobre os sintomas".

 

Segundo Carla, outro ponto importante, quando diagnosticada a doença, é não interromper o tratamento, que tem duração mínima de seis meses, uma vez que muitos o abandonam antes desse período e não se curam completamente.

 

Quanto aos dias D, o primeiro será na Praça da República, no próximo dia 24, com a distribuição de folhetos, esclarecimentos de dúvidas e também coleta de material para exames. Já no dia 26, as ações serão realizadas na Praça da Iacal.

 

Carla reforça a importância da prevenção, do diagnóstico o quanto antes e do correto tratamento. Os profissionais estão à disposição para quem queira tiver dúvidas. "Nós pedimos para que as pessoas que estão com tosse há mais de três semanas ou com algum outro sinal se dirijam a uma UBSF e façam o exame. E às que estão em tratamento, que o finalizem para que a cura seja completa", concluiu.


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde