Departamento de Comunicação
23/02/2015 - 17:17 - Atualizado em 02/07/2015 - 10:41


Prefeitura e artesãos entram em acordo sobre ‘lanchódromo’

Prefeitura e artesãos entram em acordo sobre ‘lanchódromo’


O imbróglio envolvendo o espaço construído para abrigar a praça de alimentação do Carnaíba, denominado “Lanchódromo”, está próximo do desfecho. Após longas conversas entre os artesãos de Paranaíba e o Executivo Municipal, ficou acordado que o município dará o suporte necessário para que eles estejam instalados em outra localidade e o espaço será, então, finalmente destinado ao abrigo dos lanches, dando melhor aspecto visual à avenida e reunindo condições sanitárias necessárias para que a população desfrute do espaço para a alimentação.

 

O prédio foi construído para dar fim ao amontoado de trailers que atualmente estão desordenados na avenida Major Francisco Faustino Dias, porém, o projeto original, elaborado na administração anterior - em emenda viabilizada pelo ex-deputado federal Marçal Filho - destinava o local à comercialização de produtos artesanais, fato que gerou polêmica entre os artesãos do município, que passaram a reivindicar o espaço, muito embora sempre fora divulgado que o prédio seria construído para o ‘lanchódromo’.

 

“Infelizmente herdamos este problema e tentamos solucionar da melhor forma possível, de modo a acomodar os artesãos e também os lanches, que estavam sem condições de oferecer alimentação da forma como deveriam. Portanto, contamos com a compreensão dos artesãos, que foram muito solícitos e faremos com que os dois segmentos tenham todo suporte necessário para desenvolver e oferecer trabalho de qualidade em nossa cidade”, concluiu o prefeito.

 

A solução encontrada pelo prefeito foi destinar um espaço aos artesãos locais, na rua Barão do Rio Branco, próximo ao banco HSBC - até que o local em frente ao Banco do Brasil na rua Wladislau Garcia Gomes, seja reformado - para que assim eles possam apresentar seus trabalhos. Acordados nessa proposta, então a Prefeitura fará a acomodação da praça de alimentação no prédio construído no Carnaíba. “Foi a solução que encontramos, de modo a contemplar ambos os ramos. Desta forma, acreditamos que em breve os lanches estarão em instalações que cumpram as exigências da Vigilância Sanitária, e os artesãos estarão com espaço para comercializar seus produtos”, concluiu o prefeito.


OUTRAS NOTÍCIAS: Governo