Departamento de Comunicação
22/08/2017 - 09:12 - Atualizado em 22/08/2017 - 11:37


Especialista alerta para presença da Hanseníase

Especialista alerta para presença da Hanseníase


 

A hanseníase é uma das doenças mais antigas na história da medicina. É causada pelo bacilo de Hansen,  um parasita que ataca a pele e nervos periféricos, mas pode afetar outros órgãos como o fígado, os testículos e os olhos.

  Embora já sejam conhecidas as formas de tratamento, a hanseníase é considerada como uma das doenças esquecidas, mas presentes e a população precisa saber a importância do tratamento e do diagnostico precoce.

A afirmação é do Dr Marcio Cesar Reino Gaggini, infectologista, ex presidente da Santa Casa de Fernandópolis e que esteve em Paranaíba na noite da ultima sexta feira (18) efetuar a Capacitação em Hanseníase, realizada no auditório da UEMS.

Ele fez uma alerta para que as pessoas não tenham receio do estigma da hanseníase, antigamente conhecido como lepra. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, aproximadamente 45 mil novos casos surgem anualmente no país.

  A medicação é fornecida gratuitamente pelo Ministério da Saúde e administrada em doses vigiadas nas Unidades Básicas de Saúde sob a supervisão de médicos ou enfermeiros de acordo com normas da OMS.

A chefe de divisão da Vigilância epidemiológica do municipio, Carla Patricio Eugenio considera da maior importância a divulgação dos serviços de saúde e aprimoramento do aprendizado, uma vez que aa doença pode estar presente na região.


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde