Departamento de Comunicação
01/09/2017 - 10:00 - Atualizado em 11/09/2017 - 00:07


Coleta seletiva no centro da cidade tem prazo para começar.

Coleta seletiva no centro da cidade tem prazo para começar.


 

O prefeito Ronaldo Miziara participou na manha de ontem de reunião com representantes da UFMS que estão apoiando a implantação da coleta seletiva em Paranaíba. Junto com a secretaria de Governo, Renata Rios e o secretario de Meio Ambiente Gilvan Fonseca, o prefeito reuniu se com o professor Geraldino Carneiro de Araújo, e com alunos do curso de Administração de Empresas. Na pauta, a busca de um modelo de gestão da coleta seletiva, com participação dos universitários em apoio às atividades da Cooperativa de Recicladores de Paranaíba (COREPA).

Para atender determinação de Termo de Ajuste Judicial firmado com o Ministério Público Estadual para solucionar o problema do aterro sanitário, o município comprometeu se a atender as exigências dentro de prazos estabelecidos. Um dos prazos vence no dia 11 de setembro, quando o município deverá iniciar a coleta seletiva no centro da cidade.
O prefeito Miziara faz questão de acompanhar todos os detalhes do cumprimento do Termo de Ajuste assinado com o Ministério Público. Ele aposta no fortalecimento da Cooperativa para a coleta seletiva, a partir da parceria com a UFMS, além de estar buscando parcerias com empresários ligados ao mercado de reciclagem.

 O secretario de Meio Ambiente, Gilvan Fonseca informou que está sendo confeccionado uma cartilha que será distribuída aos moradores com informações relativas ao novo serviço.

O prefeito Ronaldo Miziara retornou a Paranaíba depois de cumprir agenda de trabalho em Campo Grande, na ultima terça-feira.  Na condição de presidente do Consorcio Intermunicipal para o Desenvolvimento da Costa Leste, Miziara presidiu reunião com prefeitos integrantes do consórcio.

No Parque dos Poderes, o prefeito manteve contato com a vice-governadora Rose Modesto, com a secretaria de Educação, Maria Cecília Amendola e ainda na sede da Funasa em Campo Grande.   


OUTRAS NOTÍCIAS: Governo