Departamento de Comunicação
23/02/2018 - 16:22 - Atualizado em 07/03/2018 - 06:28


Decreto do transporte escolar pode ser revisto, admite Secretário de Governo

Decreto do transporte escolar pode ser revisto, admite Secretário de Governo


O Decreto nº 303 de 27 de dezembro de 2017, que altera o transporte escolar em Paranaíba, poderá ser revisto a partir de junho, admitiu o novo secretário de Governo, Juvenal Neto. Em reunião com o grupo de  motoristas que fazem o transporte escolar no Município, ele revelou que o prefeito Ronaldo Miziara está disposto a fazer uma nova avaliação sobre os impactos do Decreto que alinha a legislação municipal à legislação estadual, definindo que o transporte será admitido fora das linhas mestras, no caso em que o estudante resida a uma distância superior a três quilômetros.

 

De acordo com Juvenal Neto, que explicou as razões do Decreto, a medida adotada pelo Município levou em consideração a necessidade de ajustes em várias secretarias, entre elas a Educação, para que a atual administração pudesse resolver um dos problemas que se arrastam há anos que é a questão da construção do aterro sanitário.

 

“Para se construir um aterro sanitário  são necessários recursos e para isso, precisamos conter custos.  Foi com dor no coração que o prefeito adotou essa medida, um remédio amargo”, afirmou o secretário de Governo.

 

Ele revelou que a medida é transitória e poderá ser revista. “Quando chegar em junho, nas férias escolares, vamos reunir o pessoal técnico, a área de finanças para avaliar a situação”, garantiu Juvenal Neto.

 

Durante reunião com os motoristas do transporte escolar, o secretário tomou conhecimento dos problemas enfrentadas no dia a dia, principalmente, na questão das precárias situações  das estradas rurais, afetadas pelas chuvas.  Antes do encontro com os motoristas, Neto se reuniu  com a secretária de Educação, Leni Souto Miziara e com todas as diretoras das escolas municipais e dos Ceinfs. Desde ontem (22), quando foi publicado  o decreto de sua nomeação, Juvenal tem se reunido com vários setores da administração para tomar conhecimento da situação do município.

 


OUTRAS NOTÍCIAS: Governo