Departamento de Comunicação
05/12/2018 - 18:23 - Atualizado em 05/12/2018 - 18:23


Lixeiras adquiridas com recursos do ICMS Ecológico

Lixeiras adquiridas com recursos do ICMS Ecológico


 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente está instalando doze container de lixo para a coleta de resíduos orgânicos em diversos pontos da cidade.  Cada lixeira tem capacidade para 1 mil litros e poderá receber até 400 kg de resíduos úmidos e orgânicos ensacados. As novas unidades  estão instaladas na Praça da Feira, Praça República, Praça do Carnaíba,  Rodoviária, Parque do Espelho D Água, Praça do Iacal e Praça do Santo Antonio.

O container de lixo  é fabricado com polietileno de alta densidade (PEAD) injetado com proteção contra raios UV. Possui rodas com borracha maciça, tampa que evita o acúmulo de água e antirruído.

Alem das lixeiras para resíduos úmidos, a Secretaria de Meio Ambiente está disponibilizando 34 pontos de coleta seletiva de material reciclável (LEV- Local de Entrega Voluntária). De acordo com a engenheira ambiental Érica Lamblem, os equipamentos foram adquiridos com recursos do ICMS Ecológico.  

A partir do próximo ano, o município de Paranaíba vai receber um índice mais elevado do ICMS Ecológico. O Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) publicou na edição de ontem (29) do Diário Oficial do Estado a Resolução nº 665, que fixa os índices definitivos do ICMS Ecológico para o ano de 2019.

 A evolução dos índices de Paranaíba no ICMS Ecológico iniciou-se a partir de 2017, quando obteve o índice de 0,2630. Em 2016, por ausência de ações registradas no Instituto do Meio Ambiente- Imasul, o município deixou de receber a fatia tributaria. Já em 2018, o índice passou para 0, 3478.


OUTRAS NOTÍCIAS: Meio Ambiente