Departamento de Comunicação
01/09/2014 - 20:12 - Atualizado em 03/08/2015 - 08:07


Contribuente que pagar IPTU em parcela única concorrera um carro zero

Pagamento pode ser efetuado até dia 15 deste mês para participar do sorteio que está previsto para o dia 19

Contribuente que pagar IPTU em parcela única concorrera um carro zero


A Prefeitura de Paranaíba prorrogou o prazo para o contribuinte pagar o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em cota única e concorrer a um carro Fiat Pálio, branco, zero. A data final para quem queira quitar o imposto e participar do sorteio é dia 15 deste mês. A premiação está prevista para o dia 19, ainda sem local definido.

 

Até o dia 15 de agosto, os contribuintes que pagaram seu IPTU foram contemplados com um desconto de 10%. Após esta data de vencimento, a multa para os que efetuaram ou efetuarem o pagamento totaliza 10% sobre o valor integral. Isso significa que, o contribuinte ainda tem a chance de concorrer ao carro, no entanto terá que pagar seu imposto em parcela única, com juros e multa.

 

De acordo com José Barbosa Barros, responsável pelo Departamento de Tributação e Cadastro, as pessoas que se sentirem prejudicadas devido ao valor do imposto, podem procurar o setor de tributação da Prefeitura para sanarem suas dúvidas.

 

Os contribuintes que pagaram o imposto em dia nos anos anteriores estão tendo ainda desconto do programa de bônus acumulativo, que garante 2,5% de desconto ao ano para quem paga em dia. O bônus continua mesmo com o pagamento parcelado. O contribuinte só perde o desconto se atrasar alguma parcela. Se ele deixar de pagar o IPTU nesse ano, perde o bônus acumulativo nos outros anos.

 

A terceira parcela do IPTU vence no próximo dia 15, portanto essas pessoas que optaram pelo parcelamento devem pagar em dia para continuarem usufruindo do benefício no próximo ano, uma vez que o bônus é descontado no lançamento do IPTU do ano seguinte, com um acumulativo de até o limite de 10% a quem completar quatro anos consecutivos de quitação dos tributos lançados no cadastro imobiliário do imposto, até as datas previstas dos seus devidos lançamentos. 


OUTRAS NOTÍCIAS: Finanças