Departamento de Comunicação
22/03/2019 - 10:17 - Atualizado em 22/03/2019 - 13:08


Controle de Vetores faz bloqueio químico em áreas com infestação Aedes

Controle de Vetores faz bloqueio químico em áreas com infestação Aedes


Visando eliminar criadouros do mosquito transmissor dos vírus da dengue, zika e chikungunya, os agentes do Centro de Controle de Vetores intensificaram as ações de combate ao Aedes Aegypti em Paranaíba. Entre as medidas está a promoção de blitze educativa, bloqueio com veneno e visitas domiciliares.

 

Segundo o último boletim epidemiológico, Paranaíba tem 102 notificações de dengue registradas em 2019, com três confirmações positivas da doença. Para evitar a proliferação da doença o Controle de Vetores do município visitou, em uma semana, 2.798 imóveis. Foram realizados 11 bloqueios químicos.

 

O Aedes aegypti é um mosquito doméstico. Ele vive dentro de casa e perto do homem. Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura de ovos pelas fêmeas. Os ovos são colocados e distribuídos por diversos criadouros.

 

Em menos de 15 minutos é possível fazer uma varredura em casa e acabar com os recipientes com água parada – ambiente propício para procriação do Aedes aegypti. Veja as principais orientações:

 

Cuidados dentro de casa:

Tampe os tonéis e caixas d’água;

 Mantenha as calhas sempre limpas;

 Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;

 Mantenha lixeiras bem tampadas;

 Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;

 Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;

 Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;

 Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

 

Cuidados externos:

Cubra e realize manutenção periódica de áreas de piscinas e de hidromassagem;

Limpe ralos e canaletas externas;

 Atenção com bromélia, babosa e outras plantas que podem acumular água;

 Deixe lonas usadas para cobrir objetos bem esticadas, para evitar formação de poças d’água;

 Verifique instalações de salão de festas, banheiros e copa.


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde