Departamento de Comunicação
13/05/2019 - 11:27 - Atualizado em 13/05/2019 - 16:02


Secretaria de Saúde promove ações no mês de prevenção a Hipertensão

Secretaria de Saúde promove ações no mês de prevenção a Hipertensão


O  Núcleo Ampliado de Saúde da Família e atenção básica NASF-AB, fará orientações nas recepções das unidades de saúde durante  a semana. Na segunda-feira (13/05) será na unidade Santa Lúcia, na terça-feira (14/05) na unidade de Lourdes, na quarta-feira (15/05) na unidade Anna Lygia, na quinta-feira (16/05) na unidade Santo Antônio, dando encerramento na sexta-feira dia 17 de maio na Praça da República.

 

O dia 17 de maio é o dia mundial da hipertensão arterial e será lembrado com um evento na praça da república das 08:00h às 10:30h, onde terá aferição da pressão arterial, testes de glicemia, testes rápidos com a equipe do SAE, exercícios físicos,orientações para uma alimentação saudável e prevenção da hipertensão.

 

A hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. ela acontece quando os valores das pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam os 140/90 mmhg (ou 14 por 9). a pressão alta faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo.

 

A hipertensão pode ter causas hereditárias, mas também pode ser causada por alguns fatores como: má alimentação (excesso de sal e gordura); obesidade; uso de certos medicamentos; estresse; sedentarismo; tabagismo e consumo de bebidas alcoólicas.

 

Geralmente a hipertensão é uma doença que não apresenta sintomas alarmantes ou claramente identificáveis e isso faz dela uma doença perigosa. As pessoas que sofrem de casos mais graves de hipertensão têm sintomas mais claros quando a pressão se eleva demasiadamente, com dores no peito, dores na cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada, palpitações e sangramento nasal.

 

Se não for diagnosticada rapidamente, essa doença pode trazer sérios prejuízos à saúde como: acidente vascular cerebral; ataque cardíaco; insuficiência cardíaca; insuficiência renal; problemas na visão; aterosclerose e outros.

 

A hipertensão não tem cura, mas tem controle e tratamento, sendo que somente o médico poderá determinar o melhor tipo de tratamento para cada paciente. Além do tratamento medicamentoso, o paciente deve adotar medidas que previnam o aparecimento da hipertensão como: praticar atividades físicas regularmente; ter uma alimentação balanceada com pouco sal e gordura; evitar o cigarro; evitar o álcool e controlar o estress


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde

07
Ago
2019