Departamento de Comunicação
27/05/2019 - 09:40 - Atualizado em 27/05/2019 - 09:42


Parada da Diversidade: palestra debate riscos das doenças sexualmente transmissíveis

Parada da Diversidade: palestra debate riscos das doenças sexualmente transmissíveis


A última noite da primeira Parada da Diversidade de Paranaíba teve, entre outras atrações, a palestra com o médico Fabian Da Cas Laval, que atua há mais de 20 anos na área. Entre mitos e verdades, Fabian esclareceu que as IST’s (Infecções Sexualmente Transmissíveis) não se transmitem apenas pelo sexo. 


“Precisamos entender que as doenças sexualmente transmissível não são exclusivamente sexualmente transmissíveis, pois é possível contrair essas infecções de outras formas, como, por exemplo, materiais infectados, objetos utilizados em uma relação sexual. Os profissionais da saúde correm maiores riscos”, explica o médico.


Os profissionais da saúde, lembra Fabian, são mais vulneráveis a contrair uma doença sexualmente transmissível sem o contato sexual. “Durante um processo cirúrgico se não houver os devidos cuidados um médico pode ser contaminado”, relata. A palestra, que finalizou a série de debates, aconteceu no centro de eventos Carnaíba e contou com a presença de cerca de 200 pessoas. Houve ainda outras três palestras nos primeiros dias de evento.


O médico expôs no slide uma imagem onde uma criança mostra para a outra a menor camisinha que encontrou de uma forma humorada a idéia passada por Fabian foi a de que é necessário educar sobre sexo. “São duas crianças, se não houver ensinamento o problema pode se alastrar”, disse.


Após a palestra, o evento contou com shows, desfiles e apresentações, a parada, segundo Débora Queiroz, secretaria de Saúde, foi um sucesso. “Todo o evento foi muito bacana, só temos a agradecer, tanto o público presente, quanto a equipe que não mediu esforços para que a parada acontecesse”, assinalou.
 


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde

07
Ago
2019