Departamento de Comunicação
14/11/2019 - 12:01 - Atualizado em 14/11/2019 - 12:07


Vigilância Sanitária apreende mais de 1.600 vidros de azeite falso

Os fiscais da Visa colheram amostras e enviaram para análise

Vigilância Sanitária apreende mais de 1.600 vidros de azeite falso


A Vigilância Sanitária de Paranaíba apreendeu na manhã de quarta-feira (13) cerca de 1.640 vidros de azeite de oliveira fabricado de forma clandestina. A apreensão ocorreu em um supermercado da cidade e retirou de circulação as seguintes marcas: Quinta Lusitana; Constanera; Oliveiras do Conde; Quinta D’Ouro e Évora.

A decisão, segundo uma nota técnica divulgada pela Visa, tem base em decisões anteriores, inclusive de apreensões no estado de São Paulo, que confirmou o uso de óleo vegetal misturado com aromatizante e óleo lampante.

Em julho, alguns paranaibenses, após assistirem uma matéria exibida pela TV Globo, fizeram a denúncia do produto, a empresa foi notificado de imediato pela Vigilância Sanitária do município e os azeites retirados da gôndola e armazenados separados no depósito do mercado sob medida cautelar.

Os fiscais da Visa colheram amostras e enviaram para análise, e, após o resultado, houve a apreensão do produto e o descarte correto, que foi no aterro sanitário do município. A empresa não foi multada, já que não houve descumprimento da sanção imposto a época, mas perderam os produtos.


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde