Departamento de Comunicação
08/07/2015 - 13:36 - Atualizado em 08/07/2015 - 14:39


Samu é inaugurado com homenagem a tenente Eufrásio

Mais um serviço de qualidade que ganha a população de Paranaíba. A vantagem do Samu não é só o primeiro atendimento, é depois paciente com seqüelas que tem que fazer as remoções e o Samu faz com presteza e excelência.

Samu é inaugurado com homenagem a tenente Eufrásio


Ainda em comemoração ao aniversário de 158 anos de Paranaíba, a Prefeitura Municipal procedeu na manhã desta quarta-feira (08) com a inauguração de mais uma obra que vem para beneficiar a população no tocante à saúde.

 

Trata-se do prédio destinado ao Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), unidade que servirá para atendimentos de alta complexidade, em casos que há risco de morte, com rapidez e eficiência, aumentando a capacidade de salvar vidas.

 

Mais um serviço de qualidade que ganha a população de Paranaíba. A vantagem do Samu não é só o primeiro atendimento, é depois paciente com seqüelas que tem que fazer as remoções e o Samu faz com presteza e excelência. Estamos fazendo o treinamento para iniciar a prestação do serviço”, disse o prefeito.

 

A Secretária de Saúde, Ana Paula de Souza Araújo, explicou que faltam apenas a capacitação da equipe e adequação do espaço, com mobiliário, para funcionamento.

 

“No máximo em 30 ou 40 dias deve estar em funcionamento. Temos que funcionar com recursos próprios, primeiro, para depois conseguir repasses do Estado e da União. Será uma base ligada a Três Lagoas, a fim de atender todos os traumas. A unidade contará com motorista, enfermeira, mais um auxiliar, tudo para mobilização correta, remoção para o veiculo e dali transporte para o hospital”, explicou.

 

Homenagem

 

O evento também foi voltado a uma homenagem ao tenente Mário José Eufrásio da Silva, falecido em 2011, no exercício de sua função policial. O tenente cedeu o nome à unidade, em deferência aos grandes serviços prestados à sociedade.

 

Uma das irmãs do tenente Eufrásio, Maria Aparecida Eufrásia da Silva (Cidinha), foi quem discursou para falar do irmão. Muito emocionada com a homenagem, Cidinha agradeceu a Prefeitura pela lembrança.

 

“A gente recebe homenagem com muita alegria, embora a emoção transpareça tristeza pela perda. Agradecemos muito essa homenagem e que seja lembrada por todos. As atividades do Samu vêm ao encontro do que ele fazia, que é atendimento às pessoas, à sociedade”, destacou Cidinha.

 

Para o prefeito, trata-se de uma homenagem mais do que justa, tendo em vista o trabalho feito pelo tenente, frente à Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. “Não poderíamos deixar de lembrar de uma pessoa tão querida em nosso município e também em Cassilândia, onde trabalhava”, disse ele.

 

Na oportunidade, diversas autoridades se fizeram presentes para a solenidade de inauguração do espaço, como os secretários: Denise Camargo Benitez de Almeida (Administração), Jalmir Batista Modesto (Agricultura e Pecuária), Jamil Balduino Machado (Finanças), Sergio Roberto Beviláqua da Silva (Esporte e Lazer), Lincon Pinhé Leal de Queiroz (Meio Ambiente), Luciane Cristina dos Santos (Indústria e Comércio), Ana Paula de Souza Araújo (Saúde), Maria Eugênia Alves de Assis (Educação) e Neosvar Chaves (Obras).

 

Além disso, fizeram-se presentes os vereadores: Heliomar Cangussu da Silva (Baixinho – PR) e Paulo Borges Beviláqua da Silva (Bodinho – PROS).

 

Biografia

Natural de Uberaba-MG, filho de José de Castro Eufrásio e Francisca da Silva, irmão de Maria do Amparo Eufrásio da Silva, Maria Luzia Eufrásia da Silva e Maria Aparecida Eufrásia da Silva.

Em outubro de 1974 fixou residência em Paranaíba com sua família. Estudou nas Escolas Estaduais Aracilda Cícero Corrêa da Costa e José Garcia Leal.

Aos treze anos entrou na Guarda Mirim e fez parte da Banda Municipal.

Jogou nos dois Times tradicionais da cidade, Comercial e CAP.

Em 1983, aos vinte anos ingressou na Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, permanecendo em Três Lagoas por dois anos.

Em 1985 fez o Curso de Aperfeiçoamento de Soldados em Campo Grande sendo promovido a 3º Sargento.

Retornando a Paranaíba foi designado Comandante dos Destacamentos de Costa Rica e Inocência sucessivamente.

Comandou a Base da Polícia Rodoviária Estadual em Paranaíba por 06 anos. Em 1995 fez parte da Divisão de Operação de Fronteira - DOF, até ser designado Comandante do Destacamento de Chapadão do Sul, onde permaneceu por oito anos.

Prestou concurso para Oficial obtendo a promoção de 1º Tenente.

Em 2011 assumiu o comando do Batalhão da Polícia Militar de Cassilândia, cidade onde na noite do dia 14 de outubro de 2011, foi vitimado fatalmente no exercício de sua profissão.

 Sua ausência deixa um vazio que jamais será preenchido e uma saudade que acompanhará para sempre todos aqueles que o amavam e tiveram o privilégio de sua amizade e companheirismo.


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde

07
Ago
2019