Departamento de Comunicação
18/07/2014 - 08:29 - Atualizado em 31/07/2015 - 08:29


Paranaíba sedia curso voltado à política de humanização

Capacitação é estratégia de apoio à atenção para mudanças do processo de trabalho das unidades de produção do SUS com foco no usuário, no trabalhador de saúde e na gestão

Paranaíba sedia curso voltado à política de humanização


Foi finalizado, na última quarta-feira (16), o primeiro módulo do Curso de Apoio ao Acolhimento e Fortalecimento das Redes de Atenção à Saúde, oferecido pelo Governo do Estado, em parceria com a Secretaria de Saúde de Paranaíba. A capacitação foi realizada durante dois dias (15 e 16), no auditório da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul).

 

De acordo com a gerente da Política Estadual de Humanização, Irma Macario, haverá mais três módulos, totalizando quatro meses de curso. Essa primeira parte, segunda ela, é mais introdutória, com conceitos básicos sobre a política de humanização.

Além de Paranaíba, participam das orientações aqui no município, profissionais da saúde (médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, técnicos em enfermagem, dentre outros) das cidades de Brasilândia, Cassilândia, Aparecida do Taboado, Selvíria e Santa Rita do Pardo.

 

Sobre o curso

O Curso de Apoio ao Acolhimento e Fortalecimento das Redes de Atenção à Saúde é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde Pública de Campo Grande/MS, Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, Secretarias Municipais de Saúde da Macrorregião de Campo Grande/MS e Política Nacional de Humanização da Atenção e da Gestão do SUS - Ministério da Saúde aprovada no CIES, CIR e CIB/MS.

É uma estratégia de apoio à gestão e à atenção para mudanças do processo de trabalho das unidades de produção do SUS com foco no usuário, no trabalhador de saúde e na gestão. Parte da formação simultânea, permanente, intersetorial e transversal de uma Rede de Apoiadores Institucionais e Matriciais no território Municipal, Microrregional, Macrorregional, Estadual e Nacional. 

 

O curso se insere na perspectiva de qualificar e potencializar ações e estratégias da Política Nacional de Humanização (PNH), cujos objetivos, entre outros, são ampliar e qualificar o acesso, o acolhimento e a qualidade dos serviços prestados no SUS, uma vez que prover ações e serviços de saúde com garantia de acesso equânime a uma atenção integral, resolutiva de qualidade, humanizada e em tempo adequado é um desafio a ser organizado e desenvolvido nas redes de atenção à saúde e de ações compartilhadas enfrentado pelos gestores, trabalhadores e usuários.


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde