Departamento de Comunicação
25/06/2014 - 09:11 - Atualizado em 31/07/2015 - 09:11


Ensino Superior deve oferecer mais três cursos em breve em Paranaíba

Instituição particular cogita trazer Medicina e diz que a vinda depende do empenho municipal

Ensino Superior deve oferecer mais três cursos em breve em Paranaíba


A Uniesp (União Nacional das Instituições de Ensino do Estado de São Paulo) está se instalando no município com cursos voltados ao ensino superior. Administração, Enfermagem e Ciências Contábeis estão com aprovação do MEC (Ministério da Educação), tendo Paranaíba já credenciada para abrigar a instituição. A Prefeitura disponibilizou de início a escola municipal Maria Luiza Correa Machado para início das atividades até a construção de um campus.

Além dos cursos já viabilizados, a Uniesp está buscando a instalação de um curso de Medicina em Paranaíba, além da construção de um hospital-escola, que funcionaria para atender a população do município e de toda região, servindo também de apoio aos estudantes do curso. No entanto, é um processo mais complexo, pois depende da viabilidade no município, que precisaria ‘convencer’ o Governo Federal dessa necessidade de ter este hospital e o curso em Paranaíba, conforme demanda regional.

Nesta quarta-feira (25), o diretor executivo do grupo Uniesp em Mato Grosso do Sul, Luciano Dobbins, e o advogado também do grupo em MS, Carlos Melke, estiveram no gabinete do prefeito , e conversaram sobre esta possibilidade. A vinda do grupo Uniesp conta com a intermediação dos ex-vereadores Marcus Garcia Gomes (Marquinho do PT), Pedro Correia Rodrigues (Pedrinho) e Cláudio Geraldi Agi em Paranaíba.

Eles estiveram na reunião com o prefeito e anteriormente com o Legislativo Municipal. Segundo Dobbins, a chegada da Uniesp na cidade já é realidade no que se refere aos cursos de Administração, Contábeis e Enfermagem. Quanto à Medicina, depende mais do município do que da vontade da instituição, garantiu Dobbins. Segundo ele, a instituição tem um projeto bastante amplo e totalmente viável para desafogar a região em suas necessidades de atender a saúde.

“A Uniesp sabe das dificuldades que Mato Grosso do Sul passa atualmente em relação à saúde. Então, essa instalação viria ao encontro das necessidades, uma vez que proporcionaria um centro amplo de atendimento ao município e toda sua região. A escolha por Paranaíba é justamente por se tratar de um centro e ter logística, com estados e cidades próximos”, explicou.

O prefeito prontamente explicitou que o município não medirá esforços no sentido de viabilizar a vinda do curso.prefeito garantiu a doação de uma área para construção do campus, e a atuação junto ao governo federal para que os quesitos sejam todos atendidos.

“Sabemos da magnitude de um curso de medicina para nossa população. Ainda há muito a se fazer para que isso torne realidade e não depende apenas do nosso consentimento e empenho, caso contrário já estaria tudo encaminhado. Porém, no que depender da administração municipal, do apoio do senador Delcídio, do Legislativo, e da intermediação do Marquinho e dos demais ex-vereadores, Paranaíba terá mais esse avanço significativo no segmento educacional”, concluiu.


OUTRAS NOTÍCIAS: Governo