Departamento de Comunicação
10/04/2014 - 09:13 - Atualizado em 03/08/2015 - 09:13


Paranaba sede de debate sobre crescimento econmico da Costa Leste

Paranaba  sede de debate sobre crescimento econmico da Costa Leste


A terceira reunião do Comitê de Desenvolvimento da Costa Leste foi realizado na sede da ACIP(Associação Empresarial de Paranaíba) na última quarta-feira (09) e contou com representantes de diversas cidades da região.

No ato, várias autoridades da região estiveram presentes. Representando o município a diretora da Secretaria de Indústria e Comércio de Paranaíba, Iaponira Fernandes Bezerra, que é presidente do comitê e o prefeito. No momento de abertura também esteve presente falando aos gestores de desenvolvimento, o prefeito discorreu sobre a importância desse encontro para todos os municípios da região e ressaltou como a troca de ideias e informações pode alavancar a economia dos municípios participantes.

A reunião teve como pauta a distribuição de novas empresas entre os municípios da costa leste, como exemplo a grande procura de novas companhias pela cidade de Três Lagoas regularmente. Porém, nem todas essas empresas se encaixam no perfil de crescimento estabelecido pela gestão municipal daquela cidade, sustentou Iaponira. Essas empresas, segundo ela, podem estar sendo direcionadas para outras cidades da região como Paranaíba.

“Negócios consideradas de pequeno porte para uma cidade pode ser essencial para um município próximo, Três Lagoas em seu plano de desenvolvimento não oferece incentivos para empresas com investimento menor que R$5 milhões, por outro lado se diversas firmas com  investimento de R$ 2 milhões e que gerem em média 50 empregos forem enviadas para Paranaíba fará uma grande diferença na economia local”, disse.

Para ela, Paranaíba junto com Aparecida do Taboado saem em vantagem em relação às outras cidades próximas por já terem uma lei de incentivos, com leis especificas para o crescimento e com um plano diretor. Além de conselho montado, os outros municípios ainda teriam que elaborar essas leis e seus planos de desenvolvimento.

“A nossa lei, por exemplo, é bem ampla, precisando apenas de alguns ajustes, tivemos a assessoria do SEBRAE no que diz respeito a essa questão burocrática, enquanto os outros municípios sequer têm essa lei. Então precisa estar agora estruturando esses municípios, hoje se chegar uma empresa em Três Lagoas e ela não ficar lá, precisar ir para outro município, os municípios que estão prontos para receber são Aparecida do Taboado e Paranaíba” concluiu a diretora. 


OUTRAS NOTÍCIAS: Governo