Departamento de Comunicação
02/09/2015 - 11:57 - Atualizado em 08/09/2015 - 09:53


Moradores do Jardim Amrica recebem atendimento mdico

O atendimento em casa surgiu da necessidade de acompanhar alguns pacientes que por motivos diversos no tinham condies de ir unidade sade. Os pacientes so atendidos em casa por uma equipe multidisciplinar composta por um mdico, enfermeiro e pelo agente de sade da rea do morador.

Moradores do Jardim Amrica recebem atendimento mdico


Os moradores do bairro Jardim América têm recebido atenção especial quanto ao atendimento à saúde. A equipe da UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) Anna Lygia Mancini Coelho tem desenvolvido um trabalho de atendimento em domicilio para os moradores com dificuldades de locomoção.

 

O atendimento em casa surgiu da necessidade de acompanhar alguns pacientes que por motivos diversos não tinham condições de ir à unidade de saúde. Os pacientes são atendidos em casa por uma equipe multidisciplinar composta por um médico, enfermeiro e pelo agente de saúde da área do morador.

 

As visitas trazem uma melhor qualidade de atendimento aos moradores, já que os profissionais têm a oportunidade de conhecer a real situação do paciente e prestar melhor atendimento.

 

Sabendo de detalhes que poderiam ser esquecidos em uma consulta normal, segundo a  enfermeira responsável pela unidade de saúde Rubian Veroneze, as visitas são muito importantes. “Porque nós conhecemos o local onde eles vivem, às vezes quando vão ao posto eles esquecem os remédios, vindo em casa nós vemos todos os remédios. Muitos não têm condições de ir ao posto, ou são gestantes, acamados, então indo na casa nós fazemos o acompanhamento correto”, afirma  a enfermeira.

 

A moradora Zilma Antônia dos Santos Almeida, filha de paciente atendida, afirma que o atendimento em domicilio melhorou muito a qualidade da saúde de sua mãe, que já não tinha mais condições de ser levada a unidade de saúde.

 

“Eu acho muito bom a visita, porque sempre que a gente precisa eles vêm aqui, melhorou muito com esse atendimento aqui em casa, porque não precisa de locomover, antigamente nos ficávamos aqui esquecidos, agora ficou muito bom” disse Zilma. 


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde