Departamento de Comunicação
20/04/2016 - 13:41 - Atualizado em 16/05/2016 - 16:54


Prefeitura reforça atendimento na saúde

Programa 'Mais Saúde Para Todos' visa a complementar o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, na Santa Casa e no Hospital Psiquiátrico

Prefeitura reforça atendimento na saúde


Devido à preocupação com a saúde do município, o prefeito de Paranaíba, a secretária de saúde Ana Paula Araújo e o vereador Adriano Caçula não mediram esforços para trazer o programa "Mais Saúde para Todos", que já está funcionando no município desde a última terça-feira (19).

 

 

O programa, parceria entre a Universidade Camilo Castelo Branco (Unicastelo) e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), visa a complementar o atendimento nas Unidades de Saúde do município, na Santa Casa e no Hospital Psiquiátrico, com a vinda de mais 36 médicos residentes.

 

 

De acordo com o Professor Doutor José Martins Pinto Neto, a Unicastelo recebe, via UFMT, médicos brasileiros e estrangeiros que fizeram curso de medicina fora do país. “Para eles exercerem a profissão no Brasil, eles têm dois caminhos: ou a prova do Revalida, que todos já conhecem, ou realizar a prova da UFMT para terem o direito de fazer a complementação de 2250 horas aqui no Brasil. Esses profissionais nós chamamos de “médicos complementandos” porque eles fazem um estágio de complementação na rede de atenção de um determinado município”, explicou.

 

 

O professor disse ainda que, no ano passado, o programa foi realizado em Fernandópolis com 30 “médicos complementandos”. Este ano, há um pólo em Fernandópolis, um pólo em José Bonifácio e agora um pólo em Paranaíba. “Foram feitos acordos entre a Unicastelo e a Prefeitura. A Câmara Municipal aprovou o projeto (no último dia 11), autorizando a vinda desses médicos que ficarão no município até dezembro deste ano e eles já estão atuando na cidade”.

 

 

Os “médicos complementandos” foram distribuídos em pequenos grupos entre as UBSFs (Unidades Básicas de Saúde da Família) e ficarão sob supervisão do médico, da enfermeira e do profissional odontólogo da Unidade em que prestar serviço. Além disso, a Prefeitura subsidiará as despesas com hospedagem e alimentação.

 

 

Além das ações dentro das UBSFs, os médicos desenvolverão projetos fora das Unidades, principalmente ações de promoção da saúde, prevenções de doenças e educação em saúde, segundo José Martins.

 

 

“Eles também realizarão estágios na Santa Casa de Paranaíba, entre outros equipamentos sociais, educacionais e de saúde que o município oferece, como por exemplo, no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), no Hospital Psiquiátrico, nos Ceinfs (Centros de Educação Infantil), nas escolas e em empresas, com o objetivo de melhorar os indicadores de saúde do município, assim como o processo de trabalho dentro de uma Unidade de Saúde”, finalizou o professor.

 

 

O prefeito de Paranaíba destacou a importância dessa parceria tanto para os profissionais quanto para a população do município. "A vinda dos médicos colabora com a formação deles que necessitam dessa complementação, mas, principalmente, se soma aos serviços desenvolvidos em Paranaíba, uma vez que os trabalhos em saúde serão intensificados, especialmente na prevenção e nos atendimentos domiciliares. Teremos grandes melhorias e estamos muito satisfeitos com a chegada desses médicos que nos ajudarão a suprir nossa demanda". 

 


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde