Departamento de Comunicação
16/02/2017 - 15:30 - Atualizado em 17/02/2017 - 15:37


Usina de lcool no Raimundo dever operar em 24 meses

Usina de lcool no Raimundo  dever operar em 24 meses


 

A Usina Órbi Bio Energia Ltda, que está sendo  implantada na Fazenda Toca da Coruja, no distrito da Vila Raimundo, em  Paranaíba, deverá entrar em operação dentro de 24 meses, conforme assegurou o empresário Carlos Alberto  Mauro durante visita ao prefeito Ronaldo Miziara.

O empreendimento terá capacidade de moagem inicial de cana da ordem de 1.400.000 t/safra, o necessário para produzir 120.000.000 litros de Álcool Anidro e Hidratado/Safra e poderá atingir a capacidade máxima de 2.400.000 t/safra.

De acordo com o empresário, aproximadamente 95%  dos equipamentos já foram adquiridos e 60% da obra já está concluída com o uso de recursos próprios. Ele prevê que após dois anos da entrada em operação, além do álcool /etanos que será usado como combustível, a usina também deverá iniciar a produção de açúcar.

Atuando há mais de 20 anos no setor sucro-alcooleiro, o empresário Carlos Mauro agora conta com apoio da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (SUDECO), onde apresentou projeto para obtenção de financiamento para conclusão do empreendimento.

Sem citar números, o diretor da Orbi Bio  admite que iniciou a construção da usina em um momento muito ruim da economia nacional, mas está com boa expectativa de que possa entrar em operação nos próximos 24 meses, já aproveitando a safra de cana que está sendo cultivada na região.

Carlos Mauro acredita que o etanol deverá ter melhores momentos no futuro, até mesmo porque o Brasil assumiu compromissos durante a 21ª Conferência Mundial sobre o Clima (COP-21), em Paris,  que envolvem o aumento da participação de biocombustíveis na matriz energética nacional.  

Na foto, o empresário Carlos Mauro, prefeito Ronaldo Miziara, o diretor do Departamento de Agropecuaria, Aquiles Nascimento e o diretor de Turismo, Marco Antonio Alves.


OUTRAS NOTÍCIAS: Indstria e Comrcio