Departamento de Comunicação
04/05/2017 - 09:51 - Atualizado em 04/05/2017 - 09:51


Prefeito afirma que dívidas herdadas são maiores do que as anunciadas

Prefeito afirma que dívidas herdadas são maiores do que as anunciadas


Nos primeiros 120 dias de administração o prefeito Ronaldo Miziara já pagou R$ 3.5 milhões em dívidas que estavam acumuladas na Prefeitura.  Ontem ao apresentar o relatório de atividades dos primeiros quatro meses, à frente da Prefeitura de Paranaíba, Miziara revelou que encontrou números diferentes na divida anunciada pela gestão anterior.

 

“Antes de assumir nos deram informações equivocadas sobre a situação financeira e administrativa da Prefeitura “disse o prefeito durante entrevista coletiva à imprensa local”. Miziara explicou que nos 120 dias foi feito um diagnóstico detalhado da situação quando foi constatado que o valor da dívida informada não era verdadeiro.” A dívida real é muito maior do que os gestores do governo passado nos forneceram”, assegurou o prefeito.

 

A Secretaria de Finanças e Planejamento apurou um divida na casa de R$ 23 milhões, “mais de 300% de diferença entre o que nos informaram e o valor real”, assinalou Miziara. No relatório de 120 dias, o prefeito relata que preparou sua administração para cobrir a divida anunciada de R$ 7 milhões pela gestão anterior. “Montamos nossa equipe, arregaçamos as mangas e mergulhamos no trabalho com o objetivo de saldar as dividas e recuperar a credibilidade e o nome do município”, enfatizou.

 

Acompanhado de secretários municipais, o prefeito ressaltou que não administra com os olhos no passado para condenar pessoas, mas porque a população tem direito de saber a verdade.  Miziara aponta resultados expressivos de janeiro a abril de 2017 como: a folha do funcionalismo e os fornecedores em dia; as aulas retomadas, sem qualquer anormalidade; repasses da saúde regularizados; reorganização administrativa e reestruturação dos servidores, com retorno à função.

 

As principais ações e serviços executados por cada secretaria municipal serão detalhados pelos respectivos secretários durante entrevistas que serão concedidas à imprensa durante a semana. 


OUTRAS NOTÍCIAS: Finanças