Departamento de Comunicação
17/05/2017 - 11:06 - Atualizado em 19/05/2017 - 11:44


Prefeitura de Paranaíba não deve a Santa Casa, afirma presidente da entidade

Prefeitura de Paranaíba não deve a Santa Casa, afirma presidente da entidade


O presidente da Santa Casa de Paranaíba, Jair Alves de Souza gravou um vídeo esclarecendo mal estar causado pela veiculação nas redes sociais, de uma correspondência enviada à OAB/Seccional de Paranaíba, sobre a situação financeira da Santa Casa local.

 

Ele disse que a correspondência enviada à pedido da OAB, era meramente explicativa e quando caiu na rede whatsaap foi dada uma conotação negativa. “Estão tentando jogar a Santa Casa e minha pessoa, contra a Prefeitura, a qual estamos em um nível de relação de transparência, como nunca antes”, disse o presidente do hospital.

 

Jair disse que já deu entrevistas nas emissoras de rádio explicando a situação dos repasses recebidos pela Santa Casa. “Desde novembro estamos sofrendo atraso nos repasse de 2 meses, do governo do estado de até 3 meses. Esse recurso está fazendo falta e nos causando pânico”, admitiu o dirigente.

 

Ele esclareceu que o atual prefeito Ronaldo Miziara recebeu a prefeitura com os pagamentos de novembro e dezembro sem serem quitados pela administração anterior. “Ele recebeu uma dívida de R$ 450 mil reais que não era de sua responsabilidade”, assinalou.

 

O presidente da Santa Casa revelou que até o mês de abril, o município já havia quitado tal dívida. “A Prefeitura Municipal de Paranaíba não deve nada para a Santa Casa”, assegurou. Jair explica que quando se referiu ao repasse de abril, não foi no sentido de débito. “O repasse de qualquer mês é feito no mês subsequente. Então o repasse de abril é feito no mês de maio. Estamos no dia 16 e normalmente a Prefeitura repassa até o dia 22 , quando nos repassamos o dinheiro para os médicos plantonistas”, esclareceu.

 

“Quanto aos repasses do estado, o governo está no devendo os meses de fevereiro e março, o que dá pelo menos R$ 700 mil reis que estão fazendo muita falta. Só para ter uma noção, para os médicos estou devendo R$ 450 mil reais, não tem como saldar”, admitiu o presidente da Santa Casa. “Esse R$ 700 mil era para saldar débitos com médicos”, argumenta Jair.

 

Para ele, “quando os médicos dizem que vão parar, por falta de recebimento, não temos com segurar”, admite. Até agora consegui segurar porque a população de Paranaíba não pode sofrer por questões do poder público”, justifica Jair.

 

“Para acabar com o mal estar que tenho certeza não foi criado pelo presidente da OAB, mas por alguém que teve acesso ao documento, para criar uma animosidade que não existe”, garantiu.  Resumindo, a prefeitura não deve a Santa Casa. O repasse de abril e tem até o fim do mês de maio para ser regularizado, garantiu Jair Alves.

 

O secretario de Finanças e Planejamento Carlos Antonis explica como acontecem os repasses feitos pela União, estado e município para a Santa Casa.

 

Para a secretaria de saúde do munícipio Debora Queiroz, a questão dos repasses está esclarecida. Somos parceiros da santa casa e temos que estar juntos para garantir uma saúde publica de qualidade para a população. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


OUTRAS NOTÍCIAS: Saúde